Mas en la región Cómo llegar

Dirección: Antonio Beruti , 2602, Recoleta - Buenos Aires - Argentina

Teléfono: +54 11 4821-3741

Precio: $$$$  (Más de R$180)

Sou dono deste estabelecimento

Decoración antigua de España. Menú con pescadas,



Dicas rápidas Ver todos los tips
Opinión destacada
avaliações recomendadas
   
Selecione uma nota
Compartilhar experiências reais é nosso objetivo. São filtradas resenhas spam, ofensivas, que não se refiram ao local ou que sejam/pareçam resultado de conflito de interesse.
Viejos que se lucen en Oviedo
En el gran restaurante porteño, su propietario Emilio Garip ha sacado a relucir los tesoros que mejor tiene guardado en su cava.
De la mano del sommelier de la casa German Franco, comenzarán a ofrecer verticales y botellas guardadas de cosechas pasadas, algunas de las cuales ya no se consiguen ni en las bodegas.
Tienen tantos vinos en la cava de Oviedo que pueden ofrecer degustaciones muy originales, como por ejemplo un vino de cada año de los mundiales de fútbol, desde 1978.
Más información en www.oviedoresto.com.ar

Para peixes e frutos do mar não existe melhor lugar na cidade. A inspiração vem da Espanha, mas a cozinha passeia por outras influências - a Itália aparece em pratos de risotos e massas. O menu muda regularmente, mas os chipirones a la plancha, a receita mais famosa da casa (são lulas na chapa), nunca saem do cardápio. Para começar, salada de camarão com abacate e carpaccio de vieiras. Entre os pratos principais, truta com terrine de cogumelos e peixe com nhoque de azeitona. Apesar da fama dos pescados, o setor de carnes merece consideração, como o kobe beef com ervilhas francesa e alho poró.
O ambiente aconchegante combina muita madeira e couro com toalhas impecavelmente brancas e uma bela coleção de vinhos - aliás, a carta está entre as melhores da cidade. O serviço é cordial, discreto e eficiente. Infalível para um grande jantar.

Para completar a viagem, em pleno feriado nacional de Carnaval queríamos retornar no Il Matterello, mas estava fechado. Na lista ainda tínhamos algumas opções, e uma chamava a atenção: Oviedo, recomendadíssimo como o melhor pescado de Buenos Aires.

De imediato, uma dúvida: na terra da carne, será que um restaurante de pescados faria realmente sucesso? Decidimos experimentar.

Ao chegarmos, a surpresa: um restaurante chique, com ares de (bem) caro, com mesas com 25374582 talheres, e 47953 copos. O pensamento de “será roubada” passou, mas decidimos experimentar. Afinal, e se fosse realmente inesquecível?

Embora de pescados, o restaurante seguia a temática espanhola. De entrada, como parte do couvert, um delicioso gaspacho para ativar as papilas gustativas. Pedi uma cerveja, que pela primeira vez foi servida acompanhada de um balde com gelo. Afinal, um lugar que respeita a bebida!

Pulamos as entradas, na expectativa de refeições bem servidas. Para os pratos, experimentamos 2 versões de bacalhau: em lascas com batatas assadas e ovo mole em cima do pescado para ela, lombo com purê e tomates para mim.

Os pratos chegaram, e descobrimos o que estávamos tentando evitar: embora muito bem montados e bastante saborosos, trata-se de uma cozinha minimalista. Comemos com a certeza de que teríamos fome em, no máximo, 30 minutos.

A versão em lascas com batatas e ovo mole tinha um sabor forte, condimentado, dando destaque na qualidade do pescado. O prato com lombo tinha um peixe também delicioso, mas com uma sequência de acompanhamentos (ervilha, purê, tomates em pedaços) bem sem graça.

Para tentar preencher um pouco do espaço que ainda tínhamos no estômago, atacamos as sobremesas sem dó: pedimos uma panqueca de doce de leite com sorvete de banana split (WTF!!!) e um petit gateau com sorvete de creme. A primeira era simples, com pouco doce de leite e sorvete com gosto de banana verde, enquanto a segunda tinha um bolinho bem quente com chocolate amargo. Para mim, surpreendeu pelo sabor, embora a Luciana tenha feito cara de "ECA!"

Ainda com fome, pedimos a conta: 2 pratos + 2 sobremesas + 2 cervejas + 2 águas + serviço = 460 pesos (207 reais, para 2 pessoas).

Conclusão: não vale o que cobra – é caro até para os padrões brasileiros!

O Viajante Comilão - http://oviajantecomilao.blogspot.com
Exibindo 14 opiniões | Total de 20 opiniões
¿Conoces Restaurante Oviedo? ¡Escribe una opinión! ¡Da tu nota! Nota general
Mira las estrellas y después evalúa

Opinión
Para enviar fotos o rellena los campos adicionales, haz (no perderás lo que escribiste)

Baixe grátis o app do Kekanto Escolha sua plataforma: